Banrisulenses de Porto Alegre rejeitam, em assembleia, proposta obtida em mediação na TRT e mantêm greve

29.10.13 – Numa votação apertada, Banrisulenses rejeitaram a proposta da mediação em audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) durante assembleia no Clube do Comércio, na tarde desta terça-feira, 29/10, e mantiveram a greve. A maioria voltou a considerar a proposta insuficiente. Foram 208 votos a favor da manutenção da greve, 190 contra e oito abstenções.  Nova assembleia está marcada para esta quarta-feira, 30 de outubro, às 14h, no Clube do Comércio. A greve chegou ao seu 41º dia na terça.
 
Por duas horas, os Banrisulenses se alternaram ao microfone para manifestarem sua opinião a respeito do conteúdo da proposta apresentada pela direção do banco na mediação com o TRT. O Salão dos Espelhos do Clube do Comércio ficou lotado. Entre as manifestações que levaram ao resultado destacou-se como conteúdo a questão do Plano de Carreira.
 
Durante a mediação, a diretoria do Banrisul condicionou a implantação do Plano de Carreira à definição da questão da Fundação Banrisul. Sem estabelecer prazos para implantar, o banco ficou irredutível. “Desde o início da greve, temos enfatizado que a decisão é da categoria. Estamos demonstrando a nossa unidade mais uma vez ao manter uma greve que é uma das maiores em décadas. Nós entramos juntos na vamos continuar juntos”, disse o presidente do SindBancários, Mauro Salles.
 
Calendário de mobilização
 
Quarta, 30/10
 
8h: Concentração em frente à DG da Caldas Junior.
 
12h: Almoço coletivo na Caldas Junior.
 
14h: Assembleia dos Banrisulenses no Clube do Comércio (Andradas, 1.085).
 
Veja os compromissos assumidos pelo Banrisul na mediação
 
Plano de Carreira – O Banco se compromete à retomada da Comissão Paritária sobre Plano de Carreira, com a criação de subcomissões específicas para debater as questões dos funcionários dos setores de Tecnologia da Informação e Call Center. As conclusões dos trabalhos destes fóruns específicos serão encaminhadas à Comissão Paritária.
 
PLR – O Banco estabelece percentual de 1,8% do lucro líquido a ser distribuído de forma linear a todo o quadro de funcionários. Sendo que 1,5% será pago no dia 08 de novembro. O restante, equivalente a 0,3% será pago na mesma data prevista para o pagamento da segunda parcela da PLR, acordada com a Fenaban.
 
Extensão para trabalhadores afastados – Os benefícios da Participação nos Lucros, tanto a regra da CCT Nacional dos Bancários como a PLR Banrisul e a 13ª Cesta Alimentação serão estendidos a todos os trabalhadores afastados por doença ou acidente de trabalho.
 
Compensação de horas paradas – Os dias não trabalhados na greve de 2013 poderão ser compensados até 31 de dezembro de 2013, no limite de uma hora diária. O Banco também se compromete de manter os compromissos já assumidos relativos a férias e abono assiduidade agendados pelos funcionários.
 
Fonte: Imprensa SindBancários Fotos: Jackson Zanini
 
 

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar