COE do HSBC debate, dia 17, PLR e defesa do emprego

A COE (Comissão de Organização dos Empregados) do HSBC se reúne, nesta quinta-feira (17), em São Paulo para abordar os principais temas que preocupam os trabalhadores e trabalhadoras da instituição.

Um dos destaques da reunião é a PLR (Participação nos Lucros e Resultados), visto que o banco inglês obteve lucro líquido de US$ 191 milhões no primeiro semestre deste ano. De acordo com o diretor da Contraf-CUT e membro da COE do HSBC, Sérgio Siqueira, este lucro só foi possível diante do empenho dos trabalhadores. “Os funcionários devem ser valorizados pelos seus esforços, o que contribuiu para que o banco obtivesse tal lucro”, ressaltou Sérgio.

Entre outros temas a serem debatidos estão a defesa do emprego. É preciso garantir que os bancários e bancárias do HSBC não sejam prejudicados com a venda do banco. Desde que foi anunciado que o HSBC vai sair do país, os mais de 21 mil trabalhadores estão preocupados quanto ao seu futuro.

Na próxima sexta-feira (18), haverá uma reunião com a direção do HSBC e Bradesco, na sede da Contraf-CUT, em São Paulo, para discutir estes temas.

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar