Santander muda horários e controla idas ao banheiro em São Paulo

Santander muda horários e controla idas ao banheiro em São Paulo. Os ônibus fretados da Vila Santander Paulista estampam a frase "Call Center do Nosso Jeito". Para os bancários do departamento, o "jeito" imposto pelo banco espanhol em São Paulo está longe do ideal para virar propaganda. Falta respeito aos horários de descanso, faltam funcionários, até as idas ao banheiro são controladas por alguns gestores. E sobra trabalho. 

O banco tem mudado a jornada de seus funcionários do call center em até três horas, sem se importar com o transtorno na vida pessoal desses trabalhadores. O resultado: funcionário preocupado com horário de saída da escola do filho, com horários de cursos, faculdade. É falta de respeito impor esse tipo de alteração.
Representante do Santander alega que as alterações foram feitas após registrar ociosidade em alguns horários, mas denúncias mostram o contrário. Muitos bancários ficarão com acúmulo de trabalho. Faltam contratações.
Descanso é descanso
O contrato de trabalho dos bancários do call center prevê 30 minutos de descanso durante o expediente. São 20 minutos de lanche e outros 10 para o descanso. No entanto, segundo denúncias dos trabalhadores, alguns gestores estipularam que esse período deve ser utilizado para as idas ao banheiro.
Há decisões judiciais que condenam empresas por conta do controle de idas ao banheiro e o Santander precisa reorientar seus gestores sobre esse assunto. É preciso ter bom senso e uma comunicação melhor com os bancários do Santander que estão no call center. Os 10 minutos não podem ser fracionados para esse tipo de prática, pois é um horário de pausa, de descanso, para prevenir, por exemplo, doenças ocupacionais como as LER/Dort.
“Almoço flutuante” 
O Santander também alterou o sistema de controle de pausa no Call Center Vila Santander. Com isso, adotou a prática do “horário de almoço flutuante”. Antes, cada trabalhador almoçava em um horário de almoço fixo, estipulado pelo RH. Agora, os funcionários ficam sabendo que horas irão almoçar somente quando chegam ao trabalho e abrem o sistema. O horário é diferente todos os dias.
O banco comunicou que o sistema passa por ajustes e que as alterações não serão drásticas.  
Fonte: SEEB-SP

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar