Tuitaço contra demissões no Itaú alcança posição de destaque

Hashtag #ItaúNãoDemitaMeusPais ficou entre os assuntos mais comentados do Brasil

Bancários de todo o Brasil realizaram nesta sexta-feira (2) um novo tuitaço em protesto contra as demissões que o banco Itaú vem realizando em plena pandemia. O protesto começou às 11h e a hashtag #ItaúNãoDemitaMeusPais esteve entre os assuntos mais comentados do Brasil.

A ação faz parte da campanha #ItaúNãoDemitaMeusPais, lançada na semana passada, para denunciar os desligamentos, que contrariam o compromisso da direção do Itaú de não demitir durante a pandemia do coronavírus (Covid-19). Foram 130 demissões somente na área de Veículos, além de outras que ocorrem nas agências. O Itaú é um dos bancos, junto com o Santander, o Bradesco e o Mercantil do Brasil, que desrespeitam acordo firmado com o movimento sindical no primeiro semestre, de que não haveria demissões durante a pandemia.

As demissões contrariam a imagem que o banco tenta divulgar, de que é uma empresa com lado humano. O lucro do banco em 2019 foi de R$ 28 bilhões e de R$ 8 bilhões no primeiro semestre deste ano.

Fonte: Contraf-CUT

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar