Funcionários do BB conquistam acordo que garante direitos

Em processo negocial difícil, em sete rodadas de negociação com o Banco do Brasil, o banco público recua na proposta que retirava diversos direitos já clausulados em ACT.

Na sétima rodada de negociações com a Comissão de Empresa do BB – CEBB, nesta sexta-feira 28, após mais de 10 horas de negociação, a empresa voltou atrás nas propostas que consistiam na redução da PLR e na diminuição dos ciclos avaliatórios da GDP para descomissonamento. 

Para o representante da Fetrafi SC na CEBB, Luiz Toniolo, “desde o início das negociações definimos que não aceitaríamos redução de direitos, principalmente, na questão da PLR e GDP, direitos essenciais para os funcionários. Mesmo com parte dos colegas em isolamento social ou home office, devido à pandemia do novo corona vírus, foi possível mobilizar os bancários nas redes sociais e atividades como carreatas e lives. E isto fez toda a diferença”, concluiu o dirigente.

Contraf e CEBB orientam a aceitação da proposta que será apreciada em assembleias virtuais em todas as bases neste Domingo, 30/08 a partir das 19:00 h. Para votar acesse o link: https://bancarios.votabem.com.br/

Resumo dos pontos negociados

  • PLR

Proposta inicial: Redução da distribuição do lucro líquido (parcela linear) para 2%.

Após negociação: Mantida PLR como está no acordo atual (4% lucro líquido mais 45% do salário, mais módulo variável determinado pelo Banco do Brasil por semestre).

  • GDP

Proposta inicial: 1 ciclo avaliatório para descomissionamento.

Após negociação: Mantidas as três avaliações negativas para descomissionamento por desempenho (3 GDPs).

  • Intervalo intrajornada

Proposta inicial: 15 a 30 minutos com registro no ponto eletrônico para todos os funcionários de seis horas.

Após negociação: Até uma hora com registro apenas para quem fizer opção. Quem fizer quinze minutos não haverá alteração.

  • Abonos

Proposta inicial: 2020 e 2021 – cinco abonos não conversíveis e não acumuláveis.

Após negociação: Regra de transição, com conversão em pecúnia do saldo de abonos adquiridos até primeiro de setembro de 2020. Os adquiridos a partir de primeiro de setembro de 2021 terão que ser usufruídos até agosto de 2022, inclusive com utilização junto às férias, mas sem conversão em pecúnia ou acumulação. Os abonos já adquiridos e acumulados permanecem com as regras anteriores.

  • Folgas da Justiça Eleitoral

Proposta inicial: 60 dias para gozar a folga.

Após negociação: 180 dias para gozar a folga.

  • Prazo para realizar a perícia psicológica

Proposta inicial: 12 meses.

Após negociação: Manutenção do prazo de 18 meses.

  • 10 minutos de repouso

Proposta inicial: Apenas para atividades repetitivas excluindo os atendentes das salas de auto atendimento (SAA).

Após negociação: Manutenção para os atendentes de SAA.

  • Mesas temáticas de negociação

 Mesa sobre bancos incorporados com previsão de início a partir de outubro, com apresentação de pautas estruturadas em setembro/2020.

 Mesa permanente sobre Teletrabalho e Escritórios Digitais.

 Mesa permanente sobre Saúde e Segurança.

A votação ficará disponível do dia 30/08 às 20 horas até dia 31/08 às 23:59. Clique aqui para votar

Sintrafi Floripa

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar

  • Boa noite! Me chamo Dagmara, sou funcionária do BB. Gostaria de saber se tem possibilidade do banco do Brasil aderir ao home office permanente para funcionários que trabalham nos escritórios digitais. Aguardo retorno.
    Obrigada!

    Dagmara Bardini Constante