Funcionários entregam minuta de reivindicações para o Banco do Brasil

Luta contra a privatização, com a defesa do caráter público do BB; a manutenção dos direitos dos funcionários e da mesa única de negociações estão entre as principais reivindicações; primeira reunião de negociações, sobre teletrabalho, será realizada no dia 5/8

  • Entregue pauta de reivindicações específicas dos funcionários do Banco do Brasil;
  • Minuta foi elaborada durante o 31º Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, após amplo debate realizado desde as bases sindicais
  • Luta contra a privatização (com a defesa do caráter público do BB), a manutenção dos direitos dos funcionários e da mesa única de negociações com a Fenaban, além da regulação do teletrabalho estão entre as principais reivindicações;
  • Primeira reunião de negociações foi agendada para o dia 5/8.

O Comando Nacional dos Bancários e a Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil entregaram, na tarde desta sexta-feira (31), a minuta de reivindicações para o Acordo Coletivo de Trabalho dos funcionários do BB. As reivindicações foram definidas no 31º Congresso dos Funcionários do banco, realizado no dia 12 deste mês. A entrega ocorreu logo após a reunião que definiu o calendário das negociações sobre a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria bancária.

“Mesmo com o isolamento social, conseguimos debater amplamente a minuta em reuniões virtuais nos diferentes âmbitos e, depois, durante nosso 31º Congresso Nacional. Ela carrega os anseios dos funcionários, que estão mobilizados para as negociações e para a defesa dos seus direitos e empregos”, afirmou o coordenador da CEBB, João Fukunaga.

A luta contra a privatização, com a defesa do caráter público do BB; a manutenção da mesa única de negociações com a Fenaban; a manutenção dos direitos dos funcionários; e a regulação do teletrabalho estão entre as principais reivindicações da minuta específica dos funcionários do BB.

Importância do banco

A presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Ivone Silva, uma das coordenadoras do Comando Nacional, também destacou a importância da definição da pauta no 31º Congresso dos Funcionários do Banco do Brasil. “Essa pauta foi feita pelos funcionários do Banco do Brasil, que é importantíssimo para o desenvolvimento social e econômico do país e para garantir o atendimento bancário em vários municípios onde não existem outros bancos”, disse.

Já a presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, também coordenadora do Comando Nacional dos Bancários, destacou a importância da presença do BB na mesa única de negociações e a defesa do caráter público do banco.

“A participação da direção do banco na mesa única é algo que ocorre ao longo de muitos anos, desde 2003. Vocês sabem bem nossa defesa dos bancos públicos que está na minuta entregue hoje”, disse Juvandia Moreira.

A primeira reunião de negociações com o Banco do Brasil foi agendada para o dia 5/8, às 14h. Estará em pauta a regulamentação sobre teletrabalho.

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar