Bancários do BB realizam Plenária para fortalecer a luta contra a reestruturação

Na noite desta quinta-feira (04), cerca de 60 colegas do BB estiveram reunidos em Plenária virtual para atualizar as informações sobre a luta contra a reestruturação no Banco do Brasil.

O encontro teve inicio com o relato do dirigente Marco Silvano, Secretario Geral do Sintraf, sobre os diversos atos ocorridos no país contra a privatização das Empresas Publicas, pelo direito a vacinação contra o coronavírus e pela continuidade do auxílio emergencial.

https://contrafcut.com.br/noticias/de-norte-a-sul-do-brasil-manifestacoes-defendem-empresas-publicas/

Também relatou a importância dos colegas do BB participarem da assembleia virtual que ocorrerá na próxima quarta-feira, dia 10, para deliberar sobre a renovação do Acordo Covid BB.

Resaltou a importância da participação de todos nas atividades promovidas nacionalmente pelas redes sociais em defesa do banco publicos e contra a reestruturação. É fundamental pressionar Deputados e Senadores para que o governo desista do desmonte promovido no BB.

A Assessoria Jurídica do SINTRAFI atualizou as informações sobre ações judiciais contra desgratificação dos caixas, fechamento de unidades e remoções compulsórias

Na sequência, o Dr Gustavo Gaberlini esclareceu as dúvidas sobre os processos judiciais em andamento, todos com o objetivo de preservar os direitos dos empregados do BB.

1 – Gratificação dos Caixas
Apesar do BB ter impetrado mandato de segurança contra a liminar obtida nacionalmente pela Contraf, o recurso não foi aceito pelo desembargador relator, indo agora para apreciação da turma.

2 Ação contra fechamento de agencias e remoções compulsórias.
O Dr Gustavo considera importante a liminar obtida pelo Sindicato de SP que suspende o fechamento das agências e as remoções. Resta avaliar a possibilidade da extensão da decisão para todo o território.

Trouxe também esclarecimentos sobre ação similar impetrada pelo Sintrafi na reestruturação em 2019, que apesar da decisão favorável, teve a liminar suspensa por recurso do BB.

Outras orientações a partir do debate:

A decisão sobre concorrer ou não às vagas no SACR é individual, dependendo da avaliação de cada um sobre os impactos para sua carreira e vida familiar.

Mesmo com as possibilidades de sucesso da ação coletiva, é importante que os colegas agendem uma consulta com os advogados do Sindicato caso seja necessário ações individuais.

É importante que a manifestação contrária à remoção compulsória, contendo as razões da impossibilidade (gravidez, escola dos filhos, emprego do cônjuge, acompanhamento de familiar em condição de fragilidade, etc) seja realizada via e-mail para a Dipes, com cópia para o Sindicato.

O BB, através do canal Fale Com, disponibiliza também o envio de recurso contra as remoções e solicitação vde exclusão das movimentações. Assunto: Movimentaçao para análise da Gepes Especializada 8929. Neste caso, são consideras as condições de excepcionalidade previstas na IN (saúde, acompanhamento do cônjuge, PAVAS, etc).

Quando se tratar de problemas relacionados à saude do funcionário, os documentos do médico devem ser encaminhados para avaliação do Sesmt SC, e-mail gepes8932.pcmso@bb.com.br.
Obs: na abertura do Fale Com há um link que permite registrar demandas relativas à reorganização. Assunto 570.

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar