Bancos também são responsáveis pelos trabalhadores terceirizados.

Durante o processo de negociação entre o Comando Nacional e a Fenaban, os Sindicatos tem cobrado dos bancos uma ação mais efetiva em relação aos terceirizados, para que todas as medidas protetivas sejam adotadas também para estes trabalhadores.

Para o atendimento mínimo dos serviços considerados essenciais, há um grande número de empregados expostos ao novo coronavírus nas dependências dos bancos.

Os vigilantes, os trabalhadores da limpeza e conservação, além daqueles que atuam no transporte de valores devem merecer todos cuidados preconizados pelas autoridades de saúde.

Segundo alguns bancos, algumas dessas empresas de prestação de serviço resistem na adoção destas medidas protetivas, em especial no que se refere a dispensa dos enquadrados nos grupos de risco.

Já manifestamos que os bancos tem responsabilidade nestas situações como contratante dessas empresas.

Aliás, esse é um momento oportuno para que o setor financeiro reveja as políticas de recrutamento e passem a contratar todos os funcionários diretamente, dando fim às terceirizações.

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar